Após bullying contra uma menina na Disney, mãe de MC Gui pede desculpas por atitude do filho

Mãe de MC Gui (Foto: Reprodução/ Instagram)

 

A Mãe de MC Gui, Claudia, pediu desculpas após o filho praticar bullying contra uma menina na Disney ao tirar sarro do visual dela, em vídeo publicado pelo cantor nesta segunda-feira (21). Nas imagens, o cantor mostra a menina que, visivelmente incomodada e percebendo que está sendo filmada, é alvo de risadas do cantor e de outros amigos que estão com ele.

“Em nome da família e do meu filho, pelo desculpas por tudo”, escreveu Claudia na manhã desta terça em seu Instagram

O pai do cantor, Rogerio, também se pronunciou e lembrou de atitudes solidárias do filho. “A maior virtude de um homem é pedir desculpa então meu filho erga sua cabeça e siga fazendo o bem como você sempre fez e já atravessou o oceano (Angola) para levar a paz e alegria ao próximo, Deus no comando”, escreveu.

A polêmica começou quando Gui publicou o vídeo em que ele dizia “Mano, olha isso”, enquanto filmava a menina, visivelmente incomodada. A criança e a família estavam vestidas como os personagens do filme “Monstros S.A.”. A ação repercutiu e o artista foi duramente criticado nas redes sociais por anônimos e famosos, como Jojo Toddynho e o youtuber Felipe Castanheira. 

O cantor se defendeu e disse que apenas achou engraçado a semelhança da menina com a personagem Boo do filme. 

“Eu encontrei uma família fantasiada para curtir o Halloween na Disney, eles estavam como personagens do ‘Monstros S.A.’ e eu achei aquilo incrível, algo que eu nunca tinha visto em outro lugar. Então eu fiz um vídeo. Em todo momento eles estavam daquela forma que eu mostrei. Eles não viram o vídeo e se sentiram constrangidos”, afirmou.

“Em momento algum eu pensei em fazer isso para atacar alguém ou fazer bullying, principalmente com uma criança”, disse e se desculpou por ter deixado pessoas constrangidas com o vídeo. Mas ele também pediu respeito às pessoas que o estão criticando.

“Não sou uma pessoa de má índole, tenho família. A todos os artistas e influenciadores, é mais bonito me dar conselho, me ajudar. Não acho legal distribuir ódio na internet”, desabafou.

Após a repercussão, várias marcas associadas a MC Gui se manifestaram nas redes condenando a atitude do cantor e cancelando contratos. U “Não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, principalmente quando se trata de uma criança indefesa”, escreveu uma loja que vendia produtos licenciados pelo cantor. Uma escola de idiomas que promoveria o show no cantor numa festa de Halloween também cancelou a apresentação e disse que apagou o post promovento o evento. 

 
 
 

 
Ver essa foto no Instagram

 
 
 
 

 
 

 
 
 

 
 

Uma publicação compartilhada por MC GUI