Casal esconde sexo de bebê para protegê-lo de “preconceito inconsciente”

Casal esconde sexo de bebê para protegê-lo de "preconceito inconsciente" (Foto: Reprodução/ BBC)

 

Um casal está se recusando a revelar o sexo de seu bebê de 17 meses para a família, isso porque eles querem protegê-lo do “preconceito inconsciente de gênero”. A mãe Hobbit Humphrey, 38 anos, e o pai Jake England-Johns, 35, que moram em Keynsham, perto de Bath, a Inglaterra, disseram que estão vestindo o filho Anoush em roupas de meninos e meninas.

De acordo com o Daily Mail, o casal, ambos membros do grupo de ação climática da Extinction Rebellion, também está pedindo a amigos e familiares que abordem a criança usando os pronomes neutros quanto ao gênero, “they” e ‘them”, em inglês.

Um dos avós da criança disse que só descobriu o sexo do bebê após 11 meses, quando trocava uma fralda. Os pais explicaram que o bebê poderá decidir mais tarde sobre seu sexo e pronome preferido.

O Sr. England-Johns disse: “Gênero neutro refere-se a tentarmos agir de maneira neutra em relação à criança, em vez de tentar torná-la neutra. Não estamos tentando fazê-los ser nada. Só queremos que ele sejam ele mesmos”. E Hobbit Humphrey acrescentou: “Grande parte do preconceito de gênero é inconsciente. Quando engravidei, tínhamos uma discussão sobre como ter um viés inconsciente. Achamos que a única maneira de fazer isso era simplesmente não contar para as pessoas, usar os pronomes neutros e criar essa pequena bolha para que nosso bebê seja quem ele é”.

O casal, ambos artistas de circo, disse que sua decisão de vestir Anoush com roupas de meninos e meninas levou a “alguns olhares bastante confusos das velhinhas do parque”. “Agora somos muito bons em manter espaço para o desconforto das pessoas, dizendo ‘na verdade, não dizemos a ninguém por enquanto’. Estamos apenas deixando Anoush ser um bebê”, disse England-Johns.