Com discurso de que Lula é seu candidato, PT perde espaço em sabatinas com presidenciáveis

Lula_topo (Foto: Nelson Almeida/Afp)

 

Com a prisão de Lula e o discurso de que o ex-presidente será seu candidato ao Planalto nas eleições deste ano, o PT perde espaço em sabatinas com presidenciáveis organizadas por entidades de classe e veículos de comunicação. A situação é tão desconfortável que a sigla avalia indicar o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como seu representante nesses eventos. O problema é que se indicá-lo ficará parecendo que o partido trabalha com um plano B. Além disso, os organizadores dessas sabatinas terão de concordar com a participação de Haddad, uma vez que ele não é tratado pelo PT como pré-candidato à Presidência da República. 

>> Mais notas da coluna EXPRESSO