Corpo de rapper é achado com sinais de tortura dois meses depois de desaparecer

Corpo de rapper é achado com sinais de tortura dois meses depois de desaparecer (Foto: Reprodução Instagram)

 

O corpo de David Mota, conhecido como Mota Jr., foi encontrado na noite de segunda-feira (18), depois de estar desaparecido há mais de dois meses.

Segundo reportagem publicada pelo jornal britânico The Sun, o rapper português era famoso na internet por conta de suas rimas e por sua ostentação com dinheiro, joias e carros importados e isso serviu como isca aos sequestradores.

A polícia acredita que ele sumiu no dia de 15 de março, após ser sequestrado na porta de sua casa, na região de Sintra. Filomena Mota, mãe do músico, disse a um programa de televisão local que recebeu um telefona de um vizinho na madrugada do mesmo dia perguntando se seu filho estava bem. Foi quando percebeu que ele não estava no quarto.

Corpo de rapper é achado com sinais de tortura dois meses depois de desaparecer (Foto: Reprodução Instagram)

 

Ela também contou encontrou o boné os chinelos do filho na entrada de casa, além de sangue no elevador.

De acordo com a publicação, por mais que Mota Jr. exibisse uma vida luxuosa, foi divulgado pela polícia portuguesa que ele não era bilionário.

O corpo do cantor foi encontrado a 50 km de distância de sua casa e demorou para ser identificado devido ao estado de decomposição e com sinais de tortura.