Nove rodovias federais estão sem fiscalização no Pará

Patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal na avenida Brasil  (Foto: Stefano Martini/ÉPOCA)

 

O Ministério Público Federal recomendou à direção da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que suspenda a remoção de funcionários no estado do Pará até que o efetivo seja reposto. A iniciativa decorre da falta de pessoal do órgão no estado. De acordo com o Ministério Público, apenas quatro das 13 rodovias federais que atravessam o estado contam com fiscalização da PRF atualmente.

O procurador da República que encaminhou a recomendação, Marcelo Corrêa, afirma que a presença dos policiais é importante para o “patrulhamento ostensivo, polícia de trânsito, fiscalização do trânsito, execução dos serviços de prevenção, atendimento de acidentes e salvamento de vítimas das rodovias federais”. O Pará é o segundo maior estado do País. 

 

 

>> Mais notas na coluna EXPRESSO