Olho vivo: uma dermatologista discute quatro dilemas na região dos olhos

Cuidado com a região dos olhos. (Foto: Reprodução Unsplash)

 

Olheiras, bolsas, inchaço. Esses são apenas alguns dos problemas que podem surgir na região dos olhos e para cada um deles, existe uma solução mais simples do que você imagina – e que não necessariamente envolve uma mesa cirúrgica. Procuramos a dermatologista Karla Assed para discutir quatro dilemas comuns e ela nos mostrou métodos eficazes e inteligentes para dar um up no olhar.

O primeira passo é identificar qual é o incômodo e, em seguida, o que é responsável por ele. “Muitas vezes, por exemplo, nos preocupamos com as pálpebras quando estão com aspecto caído”, fala Dra. Karla, “E precisamos analisar se é pela flacidez na área ou na testa, pois essa região pode interferir na aparência do olhar também.” Essa pesquisa aprofundada pode evitar uma cirurgia desnecessária porque, “às vezes, uma simples e bem feita aplicação de toxina botulínica é o bastante para levantar o semblante. Pois, ergue o peso das sobrancelhas e já garante uma pálpebra, um olhar mais descansado.”

É caso de hidratação ou preenchimento?

Sabe aquele enrugadinho, seja na pele da pálpebra inferior ou superior, que se forma com o sorriso? Talvez não seja caso de preenchimento e sim de uma rotina de beleza mais cuidadosa. “Uma hidratação regular já pode resolver o problema”, garante a dermatologista.

Ela ainda indica um pouco de preenchimento das olheiras para quem tem o olhar mais fundo. O resultado: uma expressão mais suave.

Cuidado com a região dos olhos. (Foto: Pinterest)

 

Olheira escura que não se vai

Antes de mais nada, é preciso uma investigação para entender melhor quais são as causas e como é essa olheira. Identificado o problema, pode-se determinar qual é o tratamento adequado. “Duas soluções possíveis são o laser e a despigmentação, que pode ser um simples peeling para clarear ou o preenchimento, aplicado em casos em que a olheira é mais profunda”, explica Dra. Assed.

Bye-bye, flacidez!

Está incomodada com a flacidez na região dos olhos? A dermatologista indica uma série de métodos eficazes: laser fracionado, luz intensa pulsada ou ultrassom microfocado. “Essas alternativas fazem com que haja um estiramento da pele, voltando o aspecto mais saudável e jovial”, diz a especialista.

Melhor prevenir do que remediar

A afirmação acima é um mantra sempre. Não se esqueça de usar o filtro solar, um essencial para proteção e prevenção de manchas, e saiba a melhor maneira de usar os cosméticos rejuvenescedores que você possui. “Aplique-os no contorno da pálpebra, passando para dentro ou para fora, com movimentos circulares e sem dar ‘tapinhas’ – essas batidas são, muitas vezes, as responsáveis pelo surgimento das olheiras porque estimulam os vasinhos”, finaliza.